Condicionamento do conhecimento e exercício do poder

Alsina Alves de LIMA

Resumo


A aquisição livre do conhecimento, hoje ou em qualquer época, não é tão livre como - sobretudo no mundo ocidental - se costuma afirmar.Para que se possa conseguir uma aproximação, tão grande quantopossível, da verdade que cerca o problema da aquisição do conhecimento, é importante que se tome para estudo, de cada vez, um dos ângulos do problema.Assim, o objetivo deste estudo é o de tentar uma aproximaçãoa essa verdade. Para isso, ele começa por tecer algumas consideraçõessobre o condicionamento do conhecimento (Parte 1). Depois, fazum levantamento dos sistemas (ou princípios) que, de forma organizada,consciente ou inconscientemente, são utilizados por indivíduos, por pequenos ou grandes grupos sociais, para controlar e restringir o discurso (1), enquanto realidade material falada ou escrita, ou para controlar e restringir suas possibilidades de veiculação entre todos aqueles que dele quiserem fazer uso (Parte 2). O levantamente em questão se atém aos sistemas (ou princípios)
abordados por Michei FOUCAULT em L'ondre du discours (Paris, 1973).
Mais adiante, o presente estudo destaca o terceiro desses grupos de sistemas (ou princípios), procurando analisar a atitude dos
que deles se utilizam e as razões de assim agirem (Parte 3).


Palavras-chave


condicionamentodo conhecimento; exercício do poder

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address: Lobo da Costa, 147 - 90050110

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br