A ilha térmica de Porto Alegre

Inês Moresco DANNI

Resumo


A preocupaçao com as modificações que o desenvolvimento de uma cidade ocasiona no clima local, já se manifesta desde a primeira metade do século XIX, na Inglaterra, com os trabalhos de Howard (1833 e 1860). A partir daí, com o crescente desenvolvimento das cidades, muito se têm estudado e escrito sobre as conseqüencias climáticas da urbanização em todo mundo.
No Brasil estes estudos têm originado um grande número de trabalhos nas mais variadas abordagens - pluviosidade, visibilidade, poluição, ventos e temperatura. Contudo, no Rio Grande do Sul e talvez mesmo no Brasil, no que se refere a estudos de temperatura e mais especificamente estudos de ilha de calor, têm-se analisado estas duas variáveis apenas qualitativaménte. Tais análises teóricas, apesar de necessárias, não evidenciam as reais condições térmicas que cada cidade possui para a formação da ilha de calor.
Dessa maneira, o presente trabalho limita-se a estudar os aspectos da temperatura do ar da cidade de Porto Alegre que dão origem à ilha térmica, fazendo uma análise quantitativa daquela variável num determinado período de tempo.

Palavras-chave


ilha térmica; Porto Alegre

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br