Caracterização dos campos sul-rio-grandenses: uma perspectiva da ecologia da paisagem

Danielle CRAWSHAW, Miguel DALL'AGNOL, José Luís Passos CORDEIRO, Heinrich HASENACK

Resumo


Considerando a diminuição das áreas dos campos nativos do Rio Grande do Sulem detrimento da expansão da agricultura, este trabalho enfatiza o aspectode conservação desta paisagem campestre. São caracterizadas aqui ambas aspaisagens, cultural e natural, representativas das formações campestres do Rio Grande do Sul. Apesar da diversidade das paisagens naturais de fisionomiacampestre existente no Estado, a paisagem cultural parece ser relativamenteuniforme e intimamente ligada à atividade inicialmente exercida nesteambiente, a pecuária extensiva. A paisagem cultural do Gaúcho só existesobre a paisagem natural campestre. Assim, a identidade regional construídasobre os campos nativos do Rio Grande do Sul, bem como a atividadeeconômica a eles associada, podem ser aplicadas como ferramentas adicionaisaos esforços para a conservação desta paisagem única.

Palavras-chave


paisagem; cultural gaúcha; campo nativo; Bioma Pampa

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br