O processo de urbanização das cidades locais e a relação cidade-campo: o local e o global a partir de um estudo de caso.

Vitor Angelo Villar BARRETO, Luiz Fernando Mazzini FONTOURA

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre a relação cidade-campo a partir de um estudo de caso, cujo objeto é uma cidade local do Pampa gaúcho: Dom Pedrito. Apresenta dados históricos das transformações do campo no Brasil, sublinhando como esse processo definiu especificidades da urbanização das cidades locais. Com base no estudo de caso, é possível identificar algumas peculiaridades entre a forma como se deu a expansão da urbanização nas metrópoles e nas cidades locais. Enquanto nas metrópoles e grandes cidades o espaço é apropriado pelo capital na sua totalidade, nas cidades locais há um descolamento entre o espaço de realização do capital e o espaço urbano, já que o interesse do capital se sobrepõe principalmente ao campo e sua produção agrícola. É possível entender, dessa forma, que tanto a concentração de riqueza no campo e a promoção de nichos de pobreza nas cidades são fenômenos relacionados ao modelo de produção adotado no campo. Conclui-se que a lógica de produção e reprodução desiguais de riqueza entre o campo e a cidade é um aspecto da atual fase do capitalismo e da dialética espacial entre o local e o global.

Palavras-chave


cidade-campo; urbanização; cidades locais; Dom Pedrito; globalização

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br