Campesinato, abordagem das capacitações e o pensamento de Amartya Sen: da crítica ao marxismo ao novo paradigma do desenvolvimento.

André Souza MARTINELLO

Resumo


Através de elaborações teóricas de Amartya Sen em relação ao desenvolvimento, faz-se inicialmente críticas ao marxismo clássico no que concerne as suas concepções de rural e de campesinato. Apresentam-se na segunda seção do artigo, os pontos mais importantes e a contribuição das idéias de Sen. Ao longo do trabalho, outras bibliografias e perspectivas teóricas são utilizadas (autores como Vladimir I. Lênin, Alexander Chayanov e Karl Polanyi) na intenção de cruzar idéias e aprofundar a abordagem das capacitações, habilitações, expansão de liberdades e eliminação de privações. Apresenta-se, portanto, discussão teórica, primeiramente focada no campesinato e no segundo momento na perspectiva da (expansão de) liberdades como possibilidade de desenvolvimento.

Palavras-chave


Participação; crítica do marxismo; campesiniato; abordagem das capacitações; democracia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br