Democratizando o espaço e o poder: participação popular e espaço político nas cidades-gêmeas de Santana do Livramento-Rivera

Rafael ZILIO

Resumo


Este artigo consiste em apresentar algumas reflexões em torno dos limites e das possibilidades de um planejamento e uma gestão territorial urbana embasada em uma democracia de alta intensidade. Nos baseamos nas idéias do geógrafo Marcelo Lopes de Souza para dialogar a respeito da necessidade de uma democracia direta no planejamento e gestão urbanos, e nas idéias do sociólogo Boaventura de Souza Santos para analisar as contradições entre a democracia hegemônica – liberal e representativa – e a democracia participativa, de alta intensidade. Como estudo de caso, analisamos a construção do Plano Diretor Participativo de Santana do Livramento, no Brasil, e o processo de Orçamento Participativo de Rivera, no Uruguai, sob uma perspectiva de integração de políticas de participação popular. Por fim, estabelecemos relações entre esses casos e a fratura política no espaço urbano das cidades-gêmeas.

Palavras-chave


participação popular; espaço urbano; cidades-gêmeas; democracia participativa

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br