A luta no e pelo centro da cidade: um estudo em Porto Alegre

Leda Velloso BUONFIGLIO, Nelba Azevedo PENNA

Resumo


A análise do centro antigo da cidade contemporânea revela diversas disputas de uso e apropriação do espaço que explicitam uma contradição: o centro é o espaço da classe popular, contudo, não se realiza como lugar de apropriação plena dessa classe. O presente artigo pretende analisar essa contradição, aprofundada pela presença popular dos sem-teto no espaço urbano do centro de Porto Alegre, objeto de luta por moradia. O fato de habitar o centro apresenta-se como proposta para o resgate desse espaço para as classes populares por meio de reformas dos edifícios ocupados. Entretanto, apontamos considerações a respeito das dificuldades de concretização desse processo. Positivamente, o centro da cidade torna-se alvo da pressão social e em sua reivindicação, atualiza-se a luta pelo direito à cidade.

Palavras-chave


Centro de Porto Alegre; movimentos de moradia; apropriação social; ocupação de prédios; habitação popular

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br