A brincadeira, a educação ambiental e a geografia: conexões e reflexões a partir da interação universidade-escola

Bruna Camila DOTTO, Marcelo BÊZ, Samanta Diuli ALTERMANN, Eduardo Schiavone CARDOSO

Resumo


O presente artigo tem como objetivo relatar algumas práticas e resultados do projeto “OFICINA TRABALHANDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL POR MEIO DE ATIVIDADES LÚDICAS”, no qual o objetivo foi promover discussões a respeito dos problemas socioambientais locais e realizar atividades lúdicas que estimulassem as crianças a pensarem em possíveis soluções para estas questões. Buscou-se durante os anos trabalhados valorizar os saberes, os sentimentos e as experiências dos educandos para com a sua realidade, interrelacionando escola e comunidade na abordagem das questões socioambientais deste espaço. Procurou-se utilizar a ludicidade como uma ferramenta que mobiliza e instiga as crianças para refletir e trabalhar questões referentes ao seu espaço próximo, sensibilizando e mobilizando os educandos para as problemáticas locais que antes passavam despercebidas. Foca-se este estudo nas atividades desenvolvidas na Escola Celina de Moraes, durante o ano de 2010, onde os resultados puderam ser observados não apenas em sala de aula, mas também na comunidade através do despertar e do zelo para com o lugar e para com as pessoas.

Palavras-chave


Educação ambiental; Geografia; Atividades lúdicas; Problemas socioambientais; Escola e comunidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br