A qualidade da água na bacia hidrográfica do arroio do Salso e sua relação com a pluviometria

Luís Alberto BASSO, Mariluci Wegner da SILVA

Resumo


O processo de urbanização na bacia hidrográfica do arroio do Salso, localizada na zona sul de Porto Alegre, agrava a poluição hídrica, pois diariamente são lançados em suas águas dejetos e esgotos produzidos pela população. Outro agravante são os sedimentos resultantes da intensificação da erosão, consequência das mudanças na cobertura do solo. O objetivo principal deste estudo é avaliar a qualidade das águas da bacia hidrográfica do arroio do Salso. Para a pesquisa foram selecionados dois pontos de coleta no curso principal da bacia: o P1 (próximo às nascentes) e o P2 (próximo à foz). Foram avaliados cinco parâmetros de qualidade de águas: condutividade elétrica, turbidez, sólidos dissolvidos totais, sólidos suspensos totais e pH.  As coletas foram realizadas manualmente e conservadas em temperatura de 4ºC até a chegada ao Laboratório Geral do Centro de Ecologia da UFRGS (CENECO), onde foram analisadas. Os resultados obtidos foram avaliados com o uso do software Microsoft Office Excel® 2007 e comparados com os limites estabelecidos por referências que norteiam os estudos sobre qualidade de águas. Os resultados apontaram uma deterioração da qualidade das águas em direção à foz (P2).

Palavras-chave


Qualidade da Água, Pluviometria, Bacia Hidrográfica do Arroio do Salso

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br