Parâmetros de projeto e métodos visuais APOs: estudo de duas escolas no Reino Unido

Larissa Negris de Souza, Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski, Pamela Woolner

Resumo


o programa arquitetônico inclui fase de levantamento de dados que auxiliam na proposição do projeto. Diversos métodos para a coleta e análise desses dados são associados à avaliação pós-ocupação (APO), com observações e medições do projetista/pesquisador e percepções dos usuários sobre ambientes. A APO em escolas busca compreender esses espaços, que impactam no desenvolvimento das atividades de ensino/aprendizagem. O conceito de parâmetros de projeto (PPs) do século XXI deve ser considerado. Este estudo, exploratório, avaliou a aplicação de dois métodos visuais na APO, em escolas do Reino Unido, para retroalimentação de projetos, incluindo PPs como critério de avaliação. O diamond ranking, para análise de imagens, e análise de plantas, para indicação de observações, por meio de adesivos, pelos usuários. O resultado principal é a comprovação da eficácia de métodos visuais no desenvolvimento do programa e APO, fornecendo informações mais completas e ativando maior interesse na participação dos usuários. A seleção de imagens e a aplicação das ferramentas, validadas pela análise e compreensão de respostas, tiveram como base os PPs. Nas discussões de critérios e requisitos para a arquitetura escolar do século XXI, o desenvolvimento de métodos visuais para APO de escolas é visto como uma contribuição importante metodológica e conceitual.


Palavras-chave


Avaliação Pós-Ocupação, Arquitetura Escolar, Programa Arquitetônico, Parâmetros de Projeto, Métodos Visuais

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2020 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: