Sombreamento com iluminação: desenvolvimento e teste de modelo paramétrico para facilitar o projeto de proteções solares

Raoni Venâncio

Resumo


Este artigo tem o objetivo de desenvolver e testar um modelo paramétrico para ser utilizado em fases iniciais do projeto de proteções solares. Com o uso de avaliação multicritério, a ferramenta busca otimizar soluções para atender a objetivos aparentemente conflitantes: obstrução da radiação solar e aproveitamento de iluminação natural. O modelo geométrico consiste em ambiente com uma janela e possibilidade de configuração de uma obstrução externa. Ao todo, quatro tipos de proteções solares podem ser selecionados e configurados. Foram definidos três objetivos de desempenho para avaliação multicritério com algoritmos genéticos: maximizar a quantidade de pontos entre 300 e 750 lux, reduzir a incidência anual de radiação na superfície de abertura e aumentar a iluminância média. Na primeira etapa, foram calculadas 35 gerações de casos, cada geração com 100 indivíduos. Os resultados de simulação são plotados em gráfico 3d cujos eixos representam os objetivos. Assim, áreas diferentes do gráfico têm comportamentos distintos de desempenho e tendem a apresentar soluções variadas. A partir da posição no gráfico, foram selecionados seis casos para simulação anual. Os resultados indicam que, no cenário simulado com abertura voltada para oeste, há convergência entre os objetivos de iluminação e sombreamento: quanto menor a incidência de radiação solar, maior a porcentagem média de horas entre 100 e 2.000 lux e entre 300 e 750 lux.


Palavras-chave


generativo, sombreamento, iluminação, avaliação multicritério;

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2020 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: