O potencial da verificação automatizada baseada em regras para as medidas de segurança contra incêndio em BIM

Marcel Kater, Regina Coeli Ruschel

Resumo


Este estudo objetiva a operacionalização do método de Eastman et al. (2009) aplicado à modelagem e à verificação automatizada das regulamentações de incêndio do estado de São Paulo com a Modelagem da Informação da Construção (BIM). O método adotado foi o da pesquisa construtiva. O processo de avaliação da solução aplicou a proposta na verificação de projeto de prédio residencial em formato “H” de cinco andares para habitação de interesse social amplamente construído pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano no estado de São Paulo. Os artefatos resultantes são: (i) o conjunto de regras de verificação automatizada das medidas de segurança contra incêndio para edificação com área superior a 750 m2 e altura entre 6 m e 12 m, que pode ser replicado para 90,8% das alturas restantes; (ii) a hierarquia entre regras que disciplinam a coordenação da aplicação dos vários módulos e regras sobre o objeto de estudo; (iii) a descrição da preparação necessária do modelo BIM; e (vi) o esclarecimento do subconjunto de objetos do modelo e propriedades necessárias para o processo de verificação automatizada, que fornece indicativos de um Model View Definition (MVD) específico para essa verificação de código. A solução desenvolvida possibilitará maximizar a aplicação de legislações e regulamentações relacionadas às medidas de segurança contra incêndio em edificações.


Palavras-chave


Segurança contra incêndio; Verificação de códigos; Automação de regras; Códigos; BIM, Solibri.

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2020 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: