Análise das temperaturas de um compartimento durante treinamentos de combate a incêndio

Autores

  • Kamyla Lima da Mata UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
  • Rodrigo Barreto Caldas UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
  • Francisco Carlos Rodrigues UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
  • João Victor Fragoso Dias UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Temperatura, Incêndio em Compartimento, Segurança Contra Incêndio, Comportamento Térmico

Resumo

Este trabalho apresenta uma análise da influência do tipo de combate a incêndio nas temperaturas desenvolvidas em um compartimento utilizado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) em seus treinamentos. Os tipos de combate variaram com o modo de aplicação de água em pulsos simples, dois pulsos ou pulsos mais longos. Os resultados demonstraram que os treinamentos representam bem os incêndios reais em ambientes construídos com as fases de início do incêndio e sua propagação, inflamação generalizada (flashover) e pós-flashover. Observou-se que a taxa de aplicação de água influencia inversamente no tempo de duração do incêndio e na temperatura da região onde os combatentes se localizam. Foram realizados também ensaios sem intervenção e constatou-se que não há uma diferença significativa nas temperaturas máximas atingidas em comparação com os treinamentos normais. Os ensaios realizados no compartimento também demonstraram que ele pode ser utilizado para estudo de elementos construtivos e estruturais em situação de incêndio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-05-08

Edição

Seção

Artigos