Adequação ambiental como atributo facilitador da resiliência no ambiente construído em Habitações de Interesse Social

Autores

  • Karen Carrer Ruman de Bortoli Universidade Federal de Uberlândia - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU/UFU)
  • Simone Barbosa Villa Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Design (FAUeD/UFU), Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU/UFU)

Palavras-chave:

Resiliência no ambiente construído, Habitação de Interesse Social, Avaliação Pós-Ocupação, Adequação Ambiental.

Resumo

Este artigo deriva de pesquisa de mestrado que teve como objetivo analisar a resiliência no ambiente construído de habitações de interesse social (HIS) do Programa Minha Casa, Minha Vida, com enfoque em dois de seus atributos: adequação climática e adequação ambiental. Para isso, foram desenvolvidos procedimentos metodológicos de avaliação pós-ocupação para observação desses atributos em HIS situadas no estudo de caso intitulado Residencial Sucesso Brasil (Uberlândia, MG). O artigo dá enfoque à descrição dos resultados que caracterizaram a inadequação ambiental do estudo de caso elencado. Trata-se de características inerentes ao empreendimento entregue que ocasionam, dentre outros efeitos, o desperdício de materiais construtivos, altos gastos com energia elétrica e a depredação de áreas recreacionais e áreas de preservação permanente (APP). Como principal contribuição do trabalho, destaca-se a identificação de soluções projetuais que devem ser encorajadas em projeto de HIS, a fim de amplificar sua adequação ambiental. Ademais, os resultados da pesquisa desenvolvida amparam a obtenção de HIS mais resilientes, alinhando-se, assim, aos objetivos de agendas urbanas de relevância internacional, que colocam a resiliência como motor no combate à vulnerabilidade das grandes cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karen Carrer Ruman de Bortoli, Universidade Federal de Uberlândia - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU/UFU)

Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Federal de Uberlândia (2016) e Mestre em Arquitetura e Urbanismo, pela mesma instituição (2018).

Simone Barbosa Villa, Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Design (FAUeD/UFU), Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU/UFU)

Visiting Scholar na University of Cambridge, UK - Department of Architecture (2017-2018) - pesquisa de pós-doc. Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP-2008). Professor Associado II da Universidade Federal de Uberlândia (UFU/MG) na Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design (FAUeD). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUeD/UFU. Coordenadora do [MORA] Pesquisa em Habitação - CNPq.

Publicado

2019-12-10

Edição

Seção

Artigos