Simulação acústica de uma sala multiúso para a prática musical: possibilidades de adaptação ao uso

Pollyanna Rodrigues Lima, Erasmo Felipe Vergara

Resumo


Para que o músico desfrute de uma experiência satisfatória no ambiente de sua prática musical, um projeto acústico específico é essencial. Em um contexto em que cada vez mais um mesmo ambiente é utilizado para usos que requerem projetos acústicos distintos, as mesmas salas utilizadas para a palavra falada têm abrigado também a prática musical. O objetivo principal do trabalho foi demonstrar a contribuição da simulação computacional acústica na possibilidade de adaptação de uma sala de aula multiúso existente para o ensino e prática musical. Os principais parâmetros acústicos da sala foram obtidos experimentalmente, e, posteriormente, diferentes alternativas foram testadas fazendo uso da simulação computacional por meio do software Odeon, de forma que se obtivesse um modelo que adequasse a sala à prática musical. Esse modelo passou por diversas adaptações até que resultou em uma sala com valores de parâmetros acústicos dentro dos limites desejáveis, sendo, nas bandas de frequência de oitava de 500 Hz a 1.000 Hz, TR 1,25 s; EDT 1,25 s; C80 1,98 dB; D50 56,1%; e STI 0,56. O modelo computacional resultante permitiu adaptar a sala multiúso, modelada para diferentes realidades, para a prática musical, considerando nesse modelo a inserção ou a remoção de materiais e dispositivos acústicos.


Palavras-chave


Acústica; Prática musical; Sala multiuso; Simulação computacional.

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2018 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: