Identificação de perfis de comportamento do usuário para edificações residenciais multifamiliares e naturalmente ventiladas em Florianópolis

Bruna Faitão Balvedi, Aline Schaefer, Mateus Vinícius Bavaresco, João Vítor Eccel, Enedir Ghisi

Resumo


As interações entre o usuário e o ambiente construído compõem o comportamento do usuário. Esse conjunto de informações é essencial para aprimorar os resultados obtidos por meio de simulações computacionais, uma vez que o comportamento do usuário influencia o desempenho térmico e energético da edificação. Neste estudo, a influência do comportamento do usuário no desempenho térmico da edificação foi analisada a partir de simulações computacionais complementadas com dados de ocupação, operação de janelas e de persianas. Os perfis de comportamento do usuário foram identificados com a análise de agrupamento aplicada a uma base de dados monitorados em edificações residenciais multifamiliares de Florianópolis com ventilação natural. Os diferentes comportamentos do usuário foram responsáveis por variações superiores a 130% nos resultados de graus hora de resfriamento e graus hora de aquecimento. De modo geral, a ocupação foi o aspecto do comportamento do usuário com maior influência no desempenho térmico devido ao aumento da carga térmica interna e a sua associação com a operação dos elementos da edificação, marcando uma dependência temporal (rotina).


Palavras-chave


comportamento do usuário; agrupamento; desempenho térmico de edificações; residencial; simulação computacional.

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2018 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: