Iluminação natural e ofuscamento: estudo de caso em edifícios residenciais multipavimentos

Lilianne de Queiroz Leal, Solange Maria Leder

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a obstrução do céu no meio urbano e seu impacto na iluminação natural e no ofuscamento. Ambientes internos em um edifício residencial multipavimentos inseridos em um clima quente e úmido foram analisados. O desempenho da iluminação natural e do ofuscamento nos ambientes de análise foi obtido com o emprego da simulação dinâmica da luz natural, com o programa Daysim e o aplicativo Evalglare.Foram analisados 120 ambientes, resultantes da combinação das variáveis: (a) obstrução do entorno;(b) refletância das superfícies do entorno;(c) proteção solar nos edifícios do entorno;(d) altura do pavimento; e (e) orientação geográfica. Os indicadores de desempenho da iluminação natural e do ofuscamento empregados foram: a iluminância útil (UDI); a iluminância excessiva (eUDI); e a probabilidade de ofuscamento da luz natural (DGP). Entre os principais resultados destacam-se: (a) redução da iluminância útil (aUDI) no percentual de área iluminada de 21,5% no cenário de máxima obstrução e de 40%nos ambientes localizados no térreo; (b) aumento da área iluminada em 8,5%, com um coeficiente de reflexão elevado, porém com impacto menor no pavimento térreo, de apenas 3%; (c) diminuição da probabilidade de ofuscamento nos cenários com obstrução do entorno; (d) redução das iluminâncias excessivas e do ofuscamento com o sombreamento causado pelos elementos de proteção solar horizontal inseridos nos edifícios do entorno; e (e) chances de ofuscamento e refletividade das superfícies verticais do entorno como variáveis diretamente proporcionais.


Palavras-chave


Iluminação natural. Ofuscamento. Simulação computacional.

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2018 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: