Análise da formação de clusters entre os usuários do Programa de Arrendamento Residencial

Edinardo do Nascimento Junior, George Silva Costa, Juliana Carvalho Schlachter Sampaio, Nekita Monteiro Farias, José de Paula Barros Neto

Resumo


As avaliações relativas à satisfação de usuários em edificações têm sido realizadas em diferentes contextos, com destaque para empreendimentos habitacionais de interesse social (HIS). Isso tem gerado bancos de dados acerca desses empreendimentos, que devem ser analisados na busca de informações sobre os usuários para se utilizar na melhoria da qualidade dos projetos. O presente artigo apresenta a análise do perfil dos usuários de empreendimentos financiados pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR). Seu objetivo consiste em identificar agrupamentos familiares atendidos por esse programa habitacional, baseado na análise de clusters. A partir das informações resultantes desse tipo de análise, pode-se apoiar a tomada de decisão por parte de profissionais envolvidos na concepção e avaliação de futuros empreendimentos habitacionais. Para determinar tais clusters, originados dos resultados de avaliações de satisfação com 727 moradores de conjuntos habitacionais do PAR em cinco cidades brasileiras, aplicou-se o método multivariado de análise de conglomerados. Entre as conclusões da pesquisa, destaca-se que 57,4% dos respondentes podem ser distribuídos em três grupos com características e níveis de satisfação distintos. O público-alvo padrão do PAR forma o primeiro grupo; o segundo compõe-se de casais jovens; e o terceiro é caracterizado por mulheres solteiras.


Palavras-chave


Habitação de interesse social. Programa de Arrendamento Residencial. Satisfação. Cluster.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: