Arquitetura e desempenho luminoso: CENPES II, o novo centro de pesquisas da Petrobras, no Rio de Janeiro, Brasil.

Autores

  • Norberto Corrêa da Silva Moura Universidade de Sao Paulo
  • Anna Christina Miana Universidade de Sao Paulo
  • Joana Soares Goncalves Universidade de Sao Paulo
  • Denise Silva Duarte Universidade de Sao Paulo

Palavras-chave:

luz natural, arquitetura bioclimática, conforto visual, clima tropical, simulação computacional, processo de produção da arquitetura

Resumo

Este artigo apresenta os resultados do desempenho de iluminação natural do projeto do novo centro de pesquisas na Petrobras, CENPES II, no clima tropical do Rio de Janeiro, sob as condições de céu típico parcialmente nublado e com grande luminosidade. Tais estudos foram parte de um trabalho mais amplo de pesquisa e consultoria, envolvendo um número de questões ambientais incluindo luz natural, desempenho térmico e desempenho energético. O projeto arquitetônico foi objeto de concurso nacional em 2004, englobando mais de 100.000m2 de área construída a ser adicionada às instalações do centro de pesquisas existente (CENPES I), trazendo mais dez novos edifícios. De acordo com o edital do concurso, o acesso da iluminação natural deveria ser maximizado em todos os espaços interiores, sempre que permitido pelas exigências da função, oferecendo conforto visual e eficiência energética. Nesse caso, os desafios do projeto para com o desempenho ambiental estão relacionados à necessidade de proteção solar e a não ocorrência de ofuscamento, devido às condições climáticas e ao céu com grande luminosidade. Nesse contexto, o trabalho apresentado nesse artigo esta focado nos dois edifícios principais do complexo: Prédio Central e Laboratorios. As avaliações de iluminação foram realizadas com o suporte de técnicas avançadas de simulação e comparadas com critérios de desempenho nacionais e internacionais. Ao final, os estudos de simulação mostraram os efeitos positivos de estratégias convencionais de projeto, resultantes de um rigoroso processo de projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Norberto Corrêa da Silva Moura, Universidade de Sao Paulo

arquiteto e urbanista (FAUUSP), doutor em Tecnologia da Arquitetura (FAUUSP), professor do  Departamento de Tecnologia da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Laboratório de Conforto Ambiental e Eficiência Energética (LABAUT), Departamento de Tecnologia da Arquitetura (AUT), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP), São Paulo, Brasil, Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, 05508-900, São Paulo – SP Brasil, tel. +55 11 3091-4538, fax +55 11 3091-4539.

Anna Christina Miana, Universidade de Sao Paulo

arquiteta e urbanista (UFMG), mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, aluna de doutorado do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, na Área de concentração Tecnologia de Arquitetura (FAUUSP). Laboratório de Conforto Ambiental e Eficiência Energética (LABAUT), Departamento de Tecnologia da Arquitetura (AUT), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP), São Paulo, Brasil, Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, 05508-900, São Paulo – SP Brasil, tel. +55 11 3091-4538, fax +55 11 3091-4539.

Joana Soares Goncalves, Universidade de Sao Paulo

arquiteta e urbanista (UFRJ), doutora em Estruturas Ambientais Urbanas (FAUUSP), professora do Departamento de Tecnologia da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Laboratório de Conforto Ambiental e Eficiência Energética (LABAUT), Departamento de Tecnologia da Arquitetura (AUT), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP), São Paulo, Brasil, Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, 05508-900, São Paulo – SP Brasil, tel. +55 11 3091-4538, fax +55 11 3091-4539.

Denise Silva Duarte, Universidade de Sao Paulo

engenheira civil (UFMT), doutora em Estruturas Ambientais Urbanas (FAUUSP), professora do Departamento de Tecnologia da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Laboratório de Conforto Ambiental e Eficiência Energética (LABAUT), Departamento de Tecnologia da Arquitetura (AUT), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP), São Paulo, Brasil, Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, 05508-900, São Paulo – SP Brasil, tel. +55 11 3091-4538, fax +55 11 3091-4539.

Downloads

Publicado

2009-05-31

Edição

Seção

Artigos