Comprometimento e interação na coordenação de projetos de edifícios: um estudo de caso

Vinícius Carrião dos Santos, Tatiana Gondim Amaral, José de Paula Barros Neto

Resumo


A ineficácia e a ineficiência dos comprometimentos estabelecidos dentro da equipe de projeto de edifícios acarretam perdas como retrabalhos, atrasos e custos adicionais de serviços para as fases seguintes do empreendimento e fragilizam os relacionamentos interpessoais entre os envolvidos. Esta pesquisa investiga a contribuição da interação no estabelecimento dos compromissos entre os participantes de equipes de projetos de edifícios no âmbito da coordenação de projetos. A pesquisa, de caráter qualitativo e exploratório, foi estruturada por meio de um estudo de caso relacionado à coordenação de projetos de edifícios. Como resultados percebe-se a dinâmica das ações envolvidas no comprometimento e apontam-se medidas práticas que podem auxiliar na melhoria do comprometimento dos agentes envolvidos, na avaliação e ajuste do processo enquanto o desenvolvem, assim como no aprimoramento das habilidades comunicativas de cada participante. O estudo evidenciou a influência determinante da interação, como instrumento de comprometimento, que relativiza a contribuição de protocolos e de ferramentas de controle adotadas para o processo, assim como a confiabilidade das informações documentadas.


Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2018 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: