Aspecto prescritivo das normas de sistemas prediais hidráulicos e sanitários e sua relação com a verificação automática de modelos BIM

Autores

  • Fabiano Rogerio Corrêa Escola Politécnica da Universidade de São Paulo
  • Lúcia Helena de Oliveira Escola Politécnica da Universidade de São Paulo
  • Carolina Yumi Kubo Takagaki Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

BIM. Verificação automática. Sistemas prediais hidráulicos e sanitários.

Resumo

É prática comum a divisão de projetos de edifícios em subsistemas, o que resulta em dificuldades no gerenciamento do processo. O emprego de modelos BIM propicia a visualização da interação desses subsistemas e a verificação automática de critérios normativos. O objetivo deste artigo é analisar a viabilidade da verificação automática de modelos BIM segundo as recomendações das normas técnicas de sistemas prediais de água fria, água quente e de esgoto sanitário. O método consiste em levantar recomendações normativas e transformá-las em regras que possam ser verificadas automaticamente por meio de programas de computador. Os resultados mostram que regras de simples comparação e relacionadas a propriedades de elementos individualizados são possíveis de ser parametrizadas, mas também evidenciam que as atuais normas técnicas apresentam poucas recomendações que podem ser transformadas em regras. Conclui-se que, no caso de sistemas prediais hidráulicos e sanitários, a verificação completa e automática de modelos BIM só seria viável em um cenário em que as normas técnicas fossem integralmente prescritivas, para maximizar a cobertura de análise de projetos. Porém, como esse cenário não necessariamente aumenta a qualidade das soluções no sistema projetado, entende-se que a verificação automática possuirá um papel secundário enquanto não houver mudança no paradigma desse tipo de automatização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Rogerio Corrêa, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Departamento de Engenharia de Construção Civil - Tecnologia da Informação e da Comunicação na Construção

Lúcia Helena de Oliveira, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Departamento de Engenharia de Construção Civil - Sistemas Prediais

Carolina Yumi Kubo Takagaki, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Mestre em Engenharia Civil pelo Programa de Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil

Downloads

Publicado

2018-06-06