Avaliação de concretos reciclados com agregado graúdo de concreto dosados pelo método da ABCP modificado

Ana Amélia Mota dos Santos, Mônica Batista Leite

Resumo


A aplicação de agregados reciclados de resíduos de construção e demolição vem crescendo em todo o mundo. Contudo, a adoção de um método de dosagem que não considere aspectos como o tipo de agregado reciclado (AR), o melhor teor de AR na proporção das misturas e a melhor forma de avaliar a trabalhabilidade pode trazer dificuldades para essa aplicação. Assim, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de realizar uma dosagem específica para os concretos com AR de concreto, usando como medida de trabalhabilidade o ensaio de espalhamento na mesa de Graff, como uma adaptação do método de dosagem da ABCP. Foram avaliados dois níveis de espalhamento (350 mm e 400 mm) e estudados dois teores de AR na proporção de agregados graúdos (20% e 40%) para três níveis de resistência de dosagem (25, 30 e 40 MPa) aos 28 dias. Os resultados mostraram que foi necessário realizar muitos ajustes experimentais nas misturas de concreto inicialmente determinadas pelo método de dosagem da ABCP, e o ensaio de espalhamento na mesa de Graff mostrou-se satisfatório como medida de trabalhabilidade desses concretos. Os níveis de espalhamento avaliados apresentaram influência significativa sobre os resultados de resistência à compressão, enquanto os teores de AR avaliados neste estudo (20% e 40%) não promoveram alterações dessa propriedade.


Palavras-chave


Dosagem de concreto; Concreto Reciclado; Aproveitamento de Resíduos

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2018 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: