Salas de coordenação de projetos em BIM: proposta de um método de avaliação

Miriam Roux Azevedo Addor, Eduardo Toledo Santos

Resumo


A Modelagem da Informação da Construção (BIM) foca em um modelo tridimensional que contém todas as informações da documentação tradicional 2D, e outras mais, num formato passível de processamento computacional mais útil. A coordenação de projetos desenvolvidos em BIM apresenta inúmeras vantagens quando comparada àquela baseada em CAD 2D. Porém, dada a drástica mudança na representação do projeto, existe a necessidade de modificações na infraestrutura física das salas de reuniões de coordenação para a obtenção do máximo benefício que o BIM pode proporcionar. Este trabalho visa ao desenvolvimento de um método de avaliação de salas de coordenação de projetos em BIM. Para a avaliação da qualidade de leiautes das salas foram propostos dez critérios e métricas. Com a finalidade de estabelecer uma relação de importância entre todos os critérios propostos foi aplicado o método AHP de decisão multicritério, baseado na análise de comparações em pares. Para a validação dos resultados foram analisados e avaliados 14 leiautes diferentes para uma mesma sala. O método proposto mostrou-se coerente como estratégia de avaliação e produziu resultados lógicos, sendo possível identificar as melhores alternativas. Os critérios e métricas apresentados são úteis para o projeto ou adaptação de ambientes para atender os usuários de salas de reuniões de projetos baseados em BIM.


Palavras-chave


Espaços interativos; Reuniões de coordenação de projetos; Visualização; AHP; Modelagem da Informação da Construção; BIM

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2017 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: