Proposta paramétrica para projetos sustentáveis de Habitação de Interesse Social em ambiente BIM

Mayra Soares de Mesquita Mororo, Neliza Maria e Silva Romcy, Daniel Ribeiro Cardoso, José de Paula Barros Neto

Resumo


As inconstantes políticas de habitação brasileiras têm-se mostrado incapazes de oferecer moradia adequada para a população de baixa-renda no Brasil (0 e 3 salários mínimos), tanto no que diz respeito aos aspectos quantitativos como qualitativos. As propostas habitacionais direcionadas a essa população parecem desconsiderar a complexidade que envolve a moradia no que se refere à articulação do projeto com a esfera cultural e outros aspectos da dimensão individual e familiar dos usuários. Como forma de promover uma personalização da habitação considerando os modos de morar e a sustentabilidade, este trabalho teve como objetivo desenvolver um método de projeto direcionado à Habitação de Interesse Social (HIS) associado a um ambiente virtual de projeto alimentado por parâmetros. Estes parâmetros foram coletados em habitações autoconstruídas, registrados em uma gramática da forma descritiva e posteriormente ajustados considerando os critérios de sustentabilidade do Selo Casa Azul. A pesquisa trata de um estudo qualitativo, com caráter exploratório, e a estratégia de pesquisa utilizada foi a pesquisa construtiva, dividida em três fases: compreensão, desenvolvimento e consolidação, com emprego de instrumentos metodológicos específicos para cada etapa. Como resultado foi produzido um plug-in ancorado em uma ferramenta BIM com capacidade de gerar propostas de moradias a partir da inserção de parâmetros.


Palavras-chave


Autoconstrução; gramática da forma; sustentabilidade; parametrização; HIS; BIM

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: