Correlação entre módulo de elasticidade dinâmico e resistências mecânicas de argamassas de cimento, cal e areia

Narciso Gonçalves da Silva, Vicente Coney Campiteli

Resumo


A qualidade e a durabilidade de um revestimento de argamassa estão diretamente ligadas à capacidade de absorver deformações, que são medidas através do módulo de elasticidade. Este trabalho teve por objetivo verificar a influência das resistências mecânicas, bem como o proporcionamento de cimento, cal e areia, no módulo de elasticidade calculado pelo método dinâmico, utilizando o PUNDIT. Avaliou, também, a influência de dois tipos de areia. Foram utilizados cimento CP II Z 32 e cal virgem moída. Para o estudo experimental foram produzidas 18 argamassas, 9 com areia natural e 9 com areia de britagem. Com as argamassas produzidas, foram moldados corpos-de-prova cilíndricos de 5 cm x10 cm, prismáticos de 4 cm x4 cm x16 cm e revestidos painéis de 80 cm x 100 cm, com 2 cm de espessura, para ensaio de resistência de aderência à tração e observação do surgimento de fissuras. Os resultados mostraram que as argamassas produzidas com areia de britagem possuem maior módulo de elasticidade do que aquelas produzidas com areia natural, resultando em um  maior número de fissuras no revestimento. À medida que aumentam as relações entre areia/aglomerante e cal/cimento, diminuem as resistências mecânicas e o módulo de elasticidade.

Palavras-chave


módulo de elasticidade; deformação; argamassa; revestimento

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: