Análise da ventilação natural conforme planos diretores: resultados de pesquisa em Belém, PA

Lorena D´Arc Tork, Antônio Cleber Gonçalves Tibiriçá, Álvaro Messias Bigonha Tibiriçá

Resumo


O desenho urbano e o planejamento físico das cidades podem ser elementos determinantes no comportamento ambiental dos espaços construídos. Dentre as variáveis climáticas afetadas pelas normas urbanísticas, o vento merece destaque. Este tem a sua velocidade de escoamento alterada pelas formas de ocupação e pelo adensamento urbano. Dentre as ferramentas disponíveis para estudo e predição desse fenômeno, tem-se o software de modelagem do espaço físico e de análise computacional da dinâmica dos fluidos, também conhecido como Computational Fluid Dynamics (CFD). Com o objetivo de analisar o escoamento do vento em cenários de quadras localizadas no setor central de Belém, PA (Brasil), considerando-se as prescrições urbanísticas relacionadas com os planos diretores urbanos de 1993 e 2008, recorreu-se ao uso de técnicas de modelagem computacional CFD. Analisando cenários urbanos simulados para Belém, PA, concluiu-se que o adensamento urbano e a redução dos recuos entre as edificações representam os maiores obstáculos ao escoamento do vento nos cenários simulados, visto que impõem a redução da velocidade do vento e do seu potencial de ventilação, ao que se associa a influência que a forma e a orientação dos edifícios produzem nas condições de circulação de ar no espaço urbano.


Palavras-chave


Ventilação natural urbana; Belém/PA; Modelagem CFD

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: