Quantificação e classificação dos resíduos da construção e demolição coletados no município de Passo Fundo, RS

Alexandre Bernardes, Antonio Thomé, Pedro Domingos Marques Prietto, Águida Gomes de Abreu

Resumo


Em razão da grande produção brasileira de resíduos da construção e demolição (RCD), torna-se fundamental obter informações sobre as fontes de geração, composição e classificação desses resíduos, especialmente para fins de gestão, reaproveitamento e reciclagem. O objetivo do presente trabalho consiste em determinar as quantidades e as características dos RCD coletados no município de Passo Fundo, RS. Fora coletados dados em empresas prestadoras de serviço de recolhimento de RCD durante um período de quatro meses, sendo os resíduos gerados identificados, quantificados e classificados . As 18 cargas analisadas foram inicialmente classificadas quanto à origem da geração em cinco tipos: limpeza de terrenos; terra bruta de escavações; reformas e demolições; obras residenciais; e prédios em construção. Após a quantificação dos volumes totais coletados, foram analisadas, mediante amostragem, cargas de RCD provenientes das empresas coletoras, as quais foram classificadas por meio de separação manual e pesagem dos diferentes tipos de resíduos encontrados. Concluiu-se que os resíduos de construção e demolição gerados no período da pesquisa são provenientes, na sua maioria, de reformas e obras residenciais, e que praticamente todo o material analisado possui potencial para reciclagem e reutilização.

Palavras-chave


Classificação de resíduos; quantificação de resíduos; geração de resíduos; RCD

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: