Avaliação da adição de cinzas do bagaço de cana-de-açúcar em argamassas mistas

Tainara Rigotti de Castro, Carlos Humberto Martins

Resumo


Este trabalho apresenta uma análise do efeito da adição de cinzas do bagaço de cana-de-açúcar (SCBA) em argamassas mistas adotando-se o traço, em volume, 1:2:9 (cimento:cal:agregado miúdo). As cinzas foram caracterizadas em relação à distribuição de partículas, à atividade pozolânica, à composição química, à massa específica, ao teor de umidade e ao teor de perda ao fogo. Posteriormente, foram produzidas argamassas com relação água-cimento constante (2,64), com substituição parcial de agregado miúdo pela cinza pesada do bagaço de cana-de-açúcar, com diferentes teores de substituição (0%, 5%, 10%, 15% e 20%), em massa. Entre estes foi selecionado um traço, tendo em vista que suas características não passaram a ter desvantagens significativas, a fim de fazer a substituição de 7,5% de cimento por cinza leve do bagaço de cana-de-açúcar. As argamassas foram caracterizadas no estado fresco quanto a retenção de água, densidade de massa e teor de ar incorporado, e no estado endurecido quanto a coeficiente de capilaridade, resistência à tração na flexão e compressão axial e módulos de elasticidade longitudinal e flexional. A análise dos resultados mostrou que as cinzas podem ser incorporadas às argamassas sem que estas sofram significativas alterações em suas propriedades.


Palavras-chave


Cinza leve; Cinza pesada; Argamassa; Substituição parcial; Bagaço de cana-de-açúcar

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: