Editorial

Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski, Ercília Hitomi Hirota, Holmer Savastano Junior, Roberto Lamberts

Resumo


 

ste segundo número da revista Ambiente Construído em 2015, de caráter regular, conta com 10 artigos, sendo 4 na linha de conforto ambiental e eficiência energética, 3 na linha de gestão e economia da construção e 3 na linha de materiais e tecnologia.

Dos quatro primeiros, na linha de conforto ambiental e eficiência energética, dois são do exterior (Chile e Portugal) e dois do Brasil (sendo um com um coautor de uma universidade do Chile).

Edna Aparecida Nico-Rodrigues e Cristina Engel Alvarez da Universidade Federal do Espírito Santo e Amábeli Dell Santo da Universidad del Bío-Bío, Concepción, Chile discutem o desempenho térmico de janela em ambientes ventilados naturalmente em edificações multifamiliares em Vitória, ES.

Guilherme Nóbrega de Castro, Solange Maria Leder, Luiz Bueno da Silva e Erivaldo Lopes de Souza da Universidade Federal de João Pessoa analisam o código de obras frente aos componentes de condução da luz natural em edifícios multifamiliares.

Paulina Wegertseder Martínez e Maureen Trebilcock Kelly da Universidad del Bío-Bío, Concepción, Chile, apresentam a integração de critérios de desempenho e o melhoramento energético de habitações de interesse social no Chile.

Hugo Entradas Silva e Fernando Manuel Anjos Henriques da Universidade Nova de Lisboa, Portugal, mostram uma análise microclimática de um edifício histórico em clima temperado discutindo os limites sustentáveis para a correta conservação dos materiais.

Na linha de gestão e economia da construção temos o uso de modelagem 4D e Building Information Modeling na gestão de sistemas de produção em empreendimentos de construção, apresentado por Clarissa Notariano Biotto, Carlos Torres Formoso e Eduardo Luis Isatto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Da mesma Universidade mas de autoria de Maria da Paz Medeiros Fernandes e Luiz Carlos Pinto da Silva Filho temos uma discussão sobre segurança do trabalho no beneficiamento do resíduo da construção. Ainda na linha de gestão Márcia Regina de Freitas e Regina Coeli Ruschel da UNICAMP apresentam a validação de aplicativo de realidade aumentada no suporte a pratica da avaliação pós-ocupação do ambiente construído.

Na linha de materiais e tecnologia temos três artigos que tratam de blocos de concreto, lajes de concreto e madeira.

O desenvolvimento de uma nova concepção geométrica para os blocos de concretos não modulares para alvenaria estrutural é apresentado por Gihad Mohamad, Elizabete Yukiko Nakanishi Bavastri, Larissa Degliuomini Kirchhof, Eduardo Rizzatti e Ana Cláudia Akele Jantsch da Universidade Federal de Santa Maria e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Armado Jesiel Cunha, Leila Maria Soares dos Santos e Zigue Marley Furtado Lopes da Universidade Federal de Uberlândia e Universidade de Cabo Verde discutem a otimização do reforço com fibras de carbono em lajes de concreto.

Vergamento da madeira de Eucalyptus grandis plasticizada por vaporização e cozimento de autoria de Matheus Lemos Peres, Rafael de Avila Delucis, Darci Alberto Gatto, Rafael Beltrame da Universidade Federal de Pelotas e da Federal do Rio Grande do Sul fecham este número que demonstra uma clara tendência de internacionalização de nossa Revista.


Palavras-chave


Editorial

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: