Tratamento de dados climáticos de Santa Maria, RS, para análise de desempenho térmico de edificações

Giane de Campos Grigoletti, Michelle Gomes Flores, Joaquim Cesar Pizzutti dos Santos

Resumo


O tratamento e a disponibilização de dados climáticos para projeto de edificações são importantes para seu desempenho térmico e eficiência energética. O Ano Climático de Referência (TRY), o Ano Meteorológico Típico (TMY2), a carta bioclimática, arquivos EPW e CVS, diagrama de ventos e o dia típico de projeto são os tratamentos mais comuns. Para Santa Maria - RS, algumas destas sistematizações já existiam, porém para um período de oito anos. O objetivo do estudo foi tratar e analisar dados climáticos para Santa Maria, complementando estudos anteriores, ampliando a base de dados para doze anos e atualizando seu tratamento. O estudo baseou-se em bibliografia científica e metodologias que vêm sendo empregadas por vários pesquisadores. Os resultados apontam maior desconforto por frio. A radiação solar é bem distribuída ao longo do ano, indicando aquecimento solar passivo, no inverno, e sombreamento, no verão. O arquivo TMY2 gerado no estudo tem comportamento similar ao TRY-INMET (2012) e apresenta diferenças mais significativas quando comparado ao SWERA. Observou-se a importância das orientações norte e nordeste, para aquecimento solar, e leste, para ventilação. Os métodos apresentados podem ser aplicados a outras localidades com dados horários disponíveis.


Palavras-chave


Dados Climáticos; Projeto Bioclimático; Santa Maria

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: