Avaliação ambiental do ciclo de vida de telhas de fibrocimento com fibras de amianto ou com fibras de polipropileno

Vinicius Martins Marques, Luciana Paulo Gomes, Andrea Parisi Kern

Resumo


Este trabalho teve por objetivo avaliar o ciclo de vida de telhas de fibrocimento fabricadas com fibras de amianto ou com fibras de polipropileno. Foram utilizadas as técnicas de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) e de Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais (Laia) para analisar comparativamente os impactos ambientais causados. Na ACV determinaram-se, para todas as etapas, as emissões atmosféricas causadoras do efeito estufa, da chuva ácida e as que possuem toxicidade humana, além do consumo de insumos (água e energia). No Laia agregaram-se à ACV os impactos de utilização de recursos naturais e os riscos à saúde devido aos fatores prejudiciais dos materiais constituintes das telhas. Foram avaliados dois cenários, onde se fixaram os locais de extração de matéria-prima, o local da obra e o aterro industrial para o qual seriam levados os resíduos das telhas após a vida útil deles, variando-se apenas os locais de fabricação das telhas. O cenário que empregou fibras de polipropileno foi mais vantajoso ambientalmente em quatro categorias entre as sete avaliadas, confirmando assim, com essa avaliação, que o uso de amianto é mais desfavorável que o uso de polipropileno sob o foco ambiental.


Palavras-chave


Resíduos de Construção e Demolição, Amianto, Aspectos e Impactos Ambientais, Ciclo de Vida.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: