Interfaces rodoviário-urbanas no processo de produção das cidades: estudo de caso do contorno rodoviário de João Pessoa, PB, Brasil

Alexandre Augusto Bezerra da Cunha Castro, Ricardo Almeida de Melo, José Augusto Ribeiro da Silveira, Geovany Jessé Alexandre Silva, Tomás Albuquerque Lapa

Resumo


As rodovias desempenham função importante no processo de estruturação das cidades, por facilitar os deslocamentos interurbanos. No entanto, quando absorvidas pela malha urbana de uma cidade, essas rodovias desenvolvem dinâmicas particulares com o espaço intraurbano no qual estão inseridas, com alterações na acessibilidade, na morfologia e no uso e ocupação da terra urbana. Com base nesse contexto, este artigo tem por objetivo analisar as dinâmicas entre a implantação do contorno rodoviário da BR-230 e o processo de produção do espaço intraurbano da cidade de João Pessoa-PB, entre os anos de 1963 e 2013, em termos de morfologia, uso e ocupação do solo urbano. O método empregado foi o da Lógica Evolutiva do Tecido Urbano, que divide a evolução urbana em três estágios: superação de limites, crescimento e combinação/conflitos. O método foi associado a ferramentas analíticas, como a Sintaxe Espacial e softwares de Sistema de Informação Geográfica. Os resultados mostram que a rodovia impulsionou o espraiamento da cidade para o setor sul e produziu uma malha urbana tentacular, onde também se identificou o padrão de crescimento horizontal e fragmentado, alterações na acessibilidade, uso do solo e na segregação socioespacial.


Palavras-chave


Contorno Rodoviário; Expansão Urbana; Morfologia Urbana; Uso do Solo

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: