Validação de aplicativo comercial visando a incorporação da realidade aumentada a um modelo de avaliação pós-ocupação

Márcia Regina de Freitas, Regina Coeli Ruschel

Resumo


Na Avaliação Pós-Ocupação de edificações avalia-se a satisfação do usuário, o conjunto de informações sobre patologias e desempenho das edificações e identifica-se intervenções realizadas pelo morador. A possibilidade de realizar a identificação de intervenções independentemente do usuário poderia apresentar um ganho de eficiência. Vislumbra-se a aplicação de recursos de tecnologia de Realidade Aumentada (RA) para identificação de reformas realizadas, através da sobreposição do modelo de informação da  construção sobre a visualização da edificação. Validou-se o uso de RA móvel por meio de aplicativos existentes para smartphones e tablets. Como contribuição propõe-se a incorporação da RA na sistemática do planejamento, condução e aplicação da Avaliação Pós-Ocupação. No planejamento propõe-se o desenvolvimento de instrumento de pesquisa. Na condução avalia-se a coleta in loco por meio da visualização de modelos sobrepostos. Na aplicação propõe-se a visualização dos resultados pelo recurso de camadas de informação de RA. A transparência do modelo de RA foi utilizada como recurso para permitir a comparação visual entre modelo virtual e modelo real. O desenvolvimento e adequação do modelo virtual, bem como a solução desenvolvida para a experiência de RA proposta são apresentados e discutidos. A experiência aponta para deficiências que ainda inviabilizam a solução tecnológica validada.


Palavras-chave


Realidade Aumentada, AECO, APO, aplicativo

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: