Análise do procedimento de simulação da NBR 15575 para avaliação do desempenho térmico de edificações residenciais

Marcio José Sorgato, Ana Paula Melo, Deivis Luís Marinoski, Roberto Lamberts

Resumo


Este estudo tem por objetivo avaliar o procedimento indicado na NBR-15575-1 (ABNT, 2013a) para simulação do desempenho térmico de edificações residenciais. Para a análise, adotou-se uma edificação unifamiliar para os climas das cidades de Florianópolis, Curitiba e São Luís. A simulação computacional foi realizada através do programa EnergyPlus. A investigação analisou a influência das condições do piso da edificação em contato com o solo no resultado do desempenho térmico para verão e inverno, uma vez que a NBR 15575-1 (ABNT, 2013a) não especifica esse parâmetro. Foi também observada a influência dos parâmetros sombreamento e renovação de ar com base no procedimento simplificado da NBR 15575-1 (ABNT, 2013a). Por último, aplicou-se a proposta de um novo procedimento de simulação para avaliar o desempenho térmico de edificações residenciais, tendo-se comparado os resultados encontrados com os resultados do procedimento atual da NBR 15575-1 (ABNT, 2013a). As comparações entre os dois procedimentos indicaram, principalmente, que as modificações nas condições de contato com o solo exercem forte influência nos resultados das simulações do desempenho térmico da edificação e, consequentemente, na aprovação do sistema construtivo em análise.


Palavras-chave


NBR 15575; simulação computacional; desempenho térmico; edificações residenciais.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: