Avaliação do comportamento estrutural de protótipos de lajes pré-moldadas com concreto com resíduo de borracha de pneu

Ana Paula Moreno Trigo, Jorge Luís Akasaki, José Luiz Pinheiro Melges, Jefferson Sidney Camacho

Resumo


 

 

Ana Paula Moreno Trigo

Escola de Engenharia de Ilha Solteira

Universidade Estadual Paulista

Alameda Bahia, 550

Ilha Solteira- SP – Brasil

 CEP 15385-000

Tel.: (18) 3743-1213

E-mail: amorenotrigo@yahoo.com.br

 

 

Jorge Luís Akasaki

Escola de Engenharia de Ilha Solteira

Universidade Estadual Paulista

Tel.: (18)  3743-1213

E-mail: akasaki@dec.feis.unesp.br

 

 

José Luis Pinheiro Melges

Escola de Engenharia de Ilha Solteira

Universidade Estadual Paulista,

Tel.: (18) 3743-1263

E-mail: jlmelges@dec.feis.unesp.br

 

 

Jefferson Sidney Camacho

Escola de Engenharia de Ilha Solteira

Universidade Estadual Paulista,

Tel.: (18)  3743-1212

E-mail: jsc@dec.feis.unesp.br

 

 

Recebido em 15/05/08

Aceito em 18/12/08

 No Brasil, uma significativa parte do volume de concreto produzido é usada em pilares, vigas e lajes das edificações. Desse modo, pensa-se na possibilidade de substituir parcialmente o agregado do concreto por materiais que sejam econômica e ecologicamente viáveis. Este trabalho apresenta um estudo para o reaproveitamento do resíduo proveniente da recauchutagem de pneu, já que este se mostra promissor por ser gerado em abundância. A proposta é utilizá-lo como parte do agregado de concreto para lajes de forro, uma vez que essas lajes não demandam ações elevadas, quando comparadas às lajes de piso. Sendo assim, foram ensaiados, à flexão, dois protótipos de lajes pré-moldadas treliçadas unidirecionais, sendo uma delas constituída parcialmente por resíduo de borracha de pneu, e o outro não. Através dos deslocamentos verticais, das deformações no concreto e na armadura, e dos modos de ruína observados nos ensaios, foi possível avaliar o comportamento dessas lajes e verificar que a adição do resíduo de borracha de pneu não inviabiliza tecnicamente o seu uso e apresenta vantagens quanto ao aspecto ambiental, embora seja menos eficiente do ponto de vista estrutural e conduza a um maior consumo de cimento.

Palavras-chave


Concreto Armado; Laje Pré-moldada Treliçada; Resíduo de Pneu; Ensaios; Concreto Ecológico

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: