Análise do impacto da implantação de sistemas ERP nas características organizacionais das empresas de construção civil

Christiane Wagner Mainardes Krainer, Jefferson Augusto Krainer, Alfredo Iarozinski Neto, Cezar Augusto Romano

Resumo


 

Uma das causas do insucesso do ERP nas empresas de construção civil é o fato da implantação desse sistema ser uma grande mudança organizacional. O objetivo desta pesquisa é identificar como a implementação do sistema ERP impacta na organização e nos processos gerencias das empresas de construção civil.  Foi realizada uma pesquisa do tipo survey em uma amostra de empresas construtoras brasileiras. Os dados foram coletados por meio de um questionário encaminhado por email a dois grupos de empresas: com e sem ERP implantado. A partir da análise estatística discriminante foi possível identificar as variáveis relacionadas ao nível de desenvolvimento dos processos de gestão e as características organizacionais que mais distinguem os dois grupos de empresas. Os resultados revelaram que a implantação do ERP impacta nas variáveis da maturidade organizacional nos seguintes aspectos: visão estratégica, relacionamento com cliente, gerenciamento de recursos humanos, gestão financeira e de TI. As organizações com o sistema implantado destacaram-se em relação às demais por apresentarem  maior taxa de crescimento, maios quantidade de clientes, reconhecimento da marca, maior nível de formação do corpo gerencial, melhor integração entre os processos e departamentos, melhor fluxo de informação, formalização de atividades e processos, planejamento de atividades e gerenciamento eficaz de recursos humanos.



Palavras-chave


Empresas de Construção Civil; Sistema Integrado de Gestão; Maturidade Organizacional; Análise Discriminante

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: