Métodos alternativos para identificar a absortância solar de superfícies opacas

Kelen Almeida Dornelles, Maurício Roriz

Resumo


Neste artigo, são apresentados dois métodos alternativos para identificar a absortância solar de superfícies opacas. No primeiro método, amostras de superfícies pintadas com diferentes cores e tipos de tintas foram digitalizadas em scanner, e cada amostra foi classificada segundo os sistemas cromáticos digitais RGB e HSL. No segundo método, as refletâncias das amostras foram medidas com um espectrômetro de baixo custo, para radiações em onze diferentes comprimentos de onda, entre 470 nm e 940 nm. Com base em dados de refletância obtidos em laboratório, foram desenvolvidas equações que permitem estimar, a partir dos dados dos sistemas cromáticos digitais e do espectrômetro, as refletâncias para a região visível e para o espectro solar total. As refletâncias obtidas em espectrofotômetro também foram ajustadas ao espectro solar padrão, para indicar a quantidade de energia relativa que é refletida pelas superfícies, quando expostas à radiação solar. Os resultados obtidos indicam que os métodos alternativos apresentados neste trabalho são confiáveis e acessíveis a especialistas e projetistas, contribuindo para a obtenção de valores de refletâncias e absortâncias mais realistas do que os apresentados em tabelas publicadas até o momento.

Palavras-chave


Absortância solar; Refletância solar; Cores; Superfícies opacas; Espectro solar padrão

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: