Análises de alternativas para qualificação de assentamentos precários em locais de fragilidade ambiental: aplicação da grounded theory

Fernanda da Cruz Moscarelli, Miguel Aloysio Sattler, Beatriz Maria Fedrizzi, Carin Maria Schmitt

Resumo


A realidade das metrópoles brasileiras e latino-americanas, cercadas de assentamentos precários, muitas vezes localizados em áreas de fragilidade ambiental, tem demandado do Estado uma série de ações de qualificação, que só se justificam se mantiverem um caráter sustentável. Este trabalho propõe, através de um estudo de caso, a adaptação da grounded theory para a análise de conexões entre dados ambientais e, assim, auxiliar na tomada de decisão em projetos de intervenção. Pôde-se constatar que foram vencidas algumas dificuldades de análise e processamento das informações, uma vez que a identificação da categoria crítica, a sistemática de quebra das informações e a organização destas em matrizes permitiram identificar o futuro efeito das ações a serem executadas, salientando a abordagem sistêmica desejada pelos pesquisadores.

Palavras-chave


Assentamentos precários; Metodologia; Análise sistêmica

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: