Avaliação do desempenho ergonômico de cozinhas residenciais através da análise comparativa de arranjos físicos

Myrla Lopes Torres, Laura Bezerra Martins, Emmanuelle Guerra Saraiva Bezerra, Solange Cavalcanti Galvão

Resumo


Este trabalho tem como objetivo avaliar o desempenho ergonômico de cozinhas residenciais através de análise comparativa de arranjos físicos. Foi aplicada uma metodologia de caráter exploratório em quatro cozinhas, todas em apartamentos da cidade de João Pessoa, Paraíba. Estas cozinhas foram classificadas em diferentes tipos de layout - horizontal, em U, em L e paralelo - com base na disposição do fogão, geladeira e bancada/pia. Para avaliar este ambiente de trabalho, foi adotada uma abordagem ergonômica e um estudo do arranjo físico, através da aplicação de ferramentas de análise do projeto de arranjo físico com base nos princípios de layout. Conclui-se o trabalho com propostas de layouts para as cozinhas estudadas e com algumas sugestões ergonômicas para o projeto de cozinhas.

Palavras-chave


Arranjo físico; ergonomia; cozinhas; desempenho das edificações

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: