A medição setorizada como instrumento de gestão da demanda de água em sistemas prediais: estudo de caso na Universidade de São Paulo

Humberto Oyamada Tamaki, Gisele Sanches da Silva, Orestes Marraccini Gonçalves

Resumo


Este trabalho discute a utilização da medição setorizada como instrumento de gestão da demanda de água em sistemas prediais. A caracterização dos medidores e a avaliação das interações dos elementos de medição com o sistema de suprimento de água fria e de equipamento sanitário foram realizadas, a partir de um enfoque sistêmico e da abordagem de desempenho de edificações. Considerando a coleta de melhores informações do consumo de água, qualitativa e quantitativamente, que é essencial para a gestão da sua demanda, especialmente em um contexto de ações de uso racional da água, foram investigados alguns sistemas e tecnologias de telemedição. Apresenta-se uma proposta de planejamento de implantação da medição setorizada, indicando os elementos que devem ser observados para a realização da gestão da demanda. Foi realizado um estudo de caso de medição setorizada na Universidade de São Paulo, no qual foi possível constatar a importância da sua aplicação e os resultados extremamente positivos que justificaram sua implantação.

Palavras-chave


medição setorizada; gestão da demanda de água; uso racional da água; sistemas prediais

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: