Proposta de modelagem da carbonatação de concretos de cimento portland branco

Ana Paula Kirchheim, Vanessa Rheinheimer, Denise Carpena Coutinho Dal Molin, José Luís Duarte Ribeiro

Resumo


Este trabalho descreve um estudo experimental cujo objetivo foi avaliar a resistência à compressão e à carbonatação de concretos moldados com quatro tipos de cimento Portland branco estrutural, comparando seus resultados com um concreto moldado com cimento Portland de alta resistência inicial (CPV), utilizado como referência. Investigouse, também, a relação água/cimento (0,4; 0,5; 0,6). Os resultados obtidos mostram que o desempenho dos concretos moldados com os cimentos Portland branco estudados equivalem ao dos moldados com CPV. Em termos de carbonatação, os resultados experimentais foram modelados estatisticamente e apresentaram coeficientes de determinação superiores a 75%. Os modelos obtidos revelam que, no que se refere à carbonatação, o desempenho dos concretos moldados com cimento branco foi geralmente superior ao dos moldados com cimento CPV, exceto para um deles. Nesse caso, seriam necessários ajustes em sua composição física e química, para que este tenha uma melhora em seu desempenho.

Palavras-chave


Cimento Portland branco estrutural; carbonatação

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: