Clave de Sol: notas sobre a história do conforto ambiental

Hugo Segawa

Resumo


O conforto ambiental como disciplina científica em arquitetura tem origem difusa na história e sua configuração ao longo do tempo pode ser caracterizada por etapas assinaladas por distintos imaginários. É possível identificar esses diferentes ideais desde a Antigüidade até o Iluminismo, no contexto da expansão dos horizontes geográficos e climáticos no início da Era Moderna, para no final do século 19 se evidenciar a especificidade do enfrentamento humano com as condições climáticas adversas como matéria cientificamente sistematizada em resposta à problematização posta pelo colonialismo e pelo salubrismo. Em meados do século 20, com o maior domínio da climatologia e da fisiologia humana, assiste-se à formulação de uma técnica de conforto ambiental menos impregnada de valores físico-deterministas e médico-higiênicos, embora não totalmente isentas desse repertório, mas visivelmente condicionada pelos ditames da arquitetura moderna. Este artigo tem como objetivo apresentar uma breve história da área de conforto ambiental com ênfase na arquitetura e no urbanismo brasileiros.

Palavras-chave


História do conforto ambiental; Colonialismo e clima; Sanitarismo e clima; Arquitetura moderna

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: