Avaliação do desempenho de bacias sanitárias de volume de descarga reduzido quanto à remoção e transporte de sólidos

Marina Sangoi de Oliveira Ilha, Orestes Marraccini Gonçalves

Resumo


O consumo de água nas bacias sanitárias representa uma grande porcentagem do total de água consumida em uma residência e, portanto, possui um grande potencial de economia de água. Este trabalho apresenta uma investigação de laboratório e de campo desenvolvida por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas e da Universidade de São Paulo para a avaliação do desempenho de bacias sanitárias de volume de descarga reduzido (6 litros por acionamento). A investigação de laboratório consistiu na realização de ensaios para a avaliação da capacidade de remoção e transporte de sólidos. A investigação de campo foi desenvolvida em 24 residências de baixa renda localizadas em Pindamonhangaba, São Paulo, e contemplou o monitoramento do consumo de água total das residências e das bacias sanitárias com um sistema de telemedição, além da aplicação de um questionário aos usuários. É apresentada uma comparação entre os resultados do monitoramento do consumo de água com os obtidos com a aplicação do questionário, além da avaliação comparativa entre os resultados obtidos em campo e em laboratório. Por último, são efetuadas propostas para a normalização nacional para a avaliação do desempenho de bacias sanitárias de volume de descarga reduzido.

Palavras-chave


Bacia sanitária de volume de descarga reduzido; Conservação de água; Bacia sanitária

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: