Análise do uso de válvulas de admissão de ar nos sistemas de esgotos sanitários brasileiros

Vera Maria Cartana Fernandes, Orestes Marraccini Gonçalves

Resumo


Este artigo apresenta uma análise das condições de ventilação dentro do Sistema de Esgoto Sanitário de edifícios residenciais, quando a ventilação secundária, realizada por meio de ramais e colunas de ventilação, é substituída por válvulas de admissão de ar. Foram realizados ensaios em protótipos de sistemas prediais de esgotos sanitários de tipologias brasileiras, sendo avaliadas as pressões em diversos pontos dos sistemas, como também o comportamento dos fechos hídricos dos desconectores presentes nas instalações. Os protótipos foram ensaiados com diversos arranjos de descarga dos aparelhos sanitários, como também com diferentes tipos de sistema de ventilação, sempre a partir do sistema de esgoto sanitário dotado apenas de ventilação primária. Assim, pretende-se com este trabalho fornecer subsídios para que os projetistas de sistemas prediais de esgotos sanitários possam conceber e dimensionar com maior segurança o subsistema de ventilação, como também utilizar válvulas de admissão de ar em substituição à ventilação secundária realizada com tubulações.

Palavras-chave


Esgoto sanitário; Sistema de ventilação; Ventilação secundária; Válvula de admissão de ar

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: