Desempenho das argamassas de rejuntamento no sistema de revestimento cerâmico

Isaura Nazaré Lobato Paes, Helena Carasek

Resumo


Este trabalho expõe os resultados de uma pesquisa experimental realizada para estudar os efeitos do gradiente térmico no sistema de revestimento cerâmico, avaliando especificamente a influência da argamassa de rejuntamento, bem como da variação na espessura das juntas de assentamento. Para tanto, foram confeccionados quatro painéis verticais de revestimento cerâmico executados sobre um único tipo de substrato: emboço de argamassa aplicado sobre alvenaria de bloco cerâmico. Os referidos painéis foram submetidos a 20 ciclos de aquecimento e resfriamento, com temperatura variando de 23-33ºC (ambiente) a 60-70ºC. Após o aquecimento e resfriamento foram feitas medições das movimentações. Ao final dos vinte ciclos foram realizadas observações visuais, teste de percussão nos revestimentos e de resistência de aderência à tração das placas cerâmicas, além de uma completa caracterização dos materiais que compunham o sistema de revestimento. Os principais resultados obtidos nesta pesquisa mostram que o tipo de argamassa de rejuntamento e as dimensões das juntas de assentamento influenciam no desempenho dos revestimentos cerâmicos quando estes são submetidos a gradientes de temperatura.

Palavras-chave


Argamassa de rejuntamento; Juntas de assentamento; Sistema de revestimento cerâmico; Gradiente térmico

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: