Uma metodologia para especificar e avaliar o desempenho térmico de edificações residenciais unifamiliares, aplicada a Londrina-PR

Miriam Jerônimo Barbosa, Roberto Lamberts

Resumo


Este trabalho consiste no desenvolvimento de uma metodologia para especificar e avaliar o desempenho térmico em edificações térreas residenciais unifamiliares. A estrutura para montagem da metodologia constou do estabelecimento de limites de conforto térmico para a população local, o ajustamento de uma ferramenta de simulação térmica horária anual frente a diferentes sistemas construtivos, e o estabelecimento do limite de horas anuais de desconforto, com base em um sistema construtivo referencial. No trabalho de campo, realizado em Londrina PR, mediu-se no verão e inverno as temperaturas internas, as características construtivas e
sensações dos usuários em unidades habitacionais de sistemas construtivos diferentes. Os resultados foram usados para estabelecer os limites de conforto e ajustar a ferramenta de simulação. Com o ano climático de referência local, simulou-se várias alternativas
construtivas, estabelecendo-se as horas anuais de desconforto para cada alternativa. O limite de horas anuais de desconforto aceitável foi escolhido frente à realidade econômica e ao sistema construtivo referencial. No método desenvolvido é possível fazer-se a
avaliação por prescrição com base nas características térmicas do sistema construtivo referencial e por desempenho, simulando-se qualquer sistema construtivo, quantificando-se as horas anuais de desconforto e comparando-as com o limite aceitável estabelecido.

Palavras-chave


Desempenho térmico; Conforto térmico; Avaliação de desempenho térmico de edificações

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: