Cinza de casca de arroz (CCA) altamente reativa: método de produção e atividade pozolânica

Mauro Mitsuuchi Tashima, Cesar Fabiano Fioriti, Jorge Luís Akasaki, Jordi Payá Bernabeu, Leandro Cirqueira Sousa, José Luís Pinheiro Melges

Resumo


Este trabalho apresenta um método de produção para a obtenção de cinza de casca de arroz (CCA) de elevada reatividade a partir de um processo de combustão não controlado. São detalhados os processos de obtenção da CCA, assim como sua atividade pozolânica. Pela Análise Termogravimétrica (TGA), foi possível quantificar o consumo de portlandita por parte da CCA, ou seja, a reação pozolânica. Adicionalmente, foram preparadas argamassas com diferentes porcentagens de CCA (5%, 10% e 15%) com o objetivo de comprovar sua influência nas propriedades mecânicas. Os resultados obtidos mostram que a CCA em estudo apresenta elevada reatividade, podendo ser utilizada como uma fonte alternativa da sílica ativa (SA).


Palavras-chave


Cinza de casca de arroz; Método de produção; Atividade pozolânica; Análise termogravimétrica

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: