Avaliação do desempenho estrutural em serviço de lajes treliçadas pré-moldadas de concretos com agregados leves

Anderson de Oliveira, Sergio Luiz González Garcia, Guilherme Chagas Cordeiro

Resumo


O concreto com agregado leve tem sido cada vez mais empregado em razão da reduzida massa específica, do elevado isolamento térmico e acústico e da melhoria na resistência estrutural a carregamentos cíclicos. Neste trabalho foram estudados concretos com agregados leves com resistência à compressão em torno de 20 MPa e seu desempenho estrutural em lajes treliçadas pré-moldadas. Utilizaram-se três diferentes concretos com valores de massa específica entre 1.200 e 1.600 kg/m3. Os concretos foram avaliados com relação à resistência à compressão (aos 3, 7 e 28 dias) e à absorção total de água (aos 28 dias). Com os três tipos de concreto foram produzidas e ensaiadas à flexão lajes pré-moldadas (duas lajes para cada tipo de concreto), com a avaliação de seu comportamento no estado limite de serviço (ELS) para cargas de curta duração, ou seja, sem considerar efeitos ao longo do tempo. Os resultados mostraram o potencial do uso de concretos com agregados leves nesse tipo de laje estrutural.


Palavras-chave


Concreto com agregado leve; Argila expandida; Lajes pré-moldadas; Estado limite de serviço

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: