Viabilidade do emprego de agentes retardadores em substituição aos desmoldantes convencionais na moldagem de concreto para aplicação de argamassas de revestimento

Mirella Pennacchi Assali, Kai Loh

Resumo


No Brasil, os edifícios são executados, em sua maioria, em estruturas de concreto armado. Essas estruturas são resultantes da moldagem do concreto em formas tratadas com desmoldantes, que devem ser posteriormente removidos da superfície do concreto para o recebimento da argamassa. A presença do desmoldante nessa superfície dificulta a adesão da argamassa quando fresca, com posterior descolamento no estado endurecido. Este estudo tem por objetivo explorar o potencial de uso de agentes retardadores em substituição aos desmoldantes convencionais na moldagem de concreto para a obtenção de superfícies com maior capacidade de ancoragem das argamassas. A viabilidade do uso de agentes retardadores foi verificada determinando-se de modo comparativo a resistência de aderência à tração da argamassa e do chapisco aplicados sobre placas de concreto moldadas com formas de madeira plastificada tratadas com agente retardador e com desmoldante convencional. O ensaio de aderência mostrou que a utilização de produtos retardadores possibilitou maior facilidade para a remoção da camada superficial do concreto, resultando em um aumento de rugosidade e absorção superficial, o que permitiu maior resistência de aderência da argamassa e chapisco. Posteriormente, foram coletados produtos retardadores existentes no mercado para os quais foram observados desempenho na aplicação sobre as formas, impacto dos produtos na saúde do trabalhador e no meio ambiente, bem como o efeito retardador na hidratação do cimento determinado por calorimetria isotérmica. O estudo mostrou que o uso de desmoldante retardador pode ser uma técnica viável para evitar os problemas de descolamento do revestimento aplicado sobre superfícies de concreto, uma vez que atendidos determinados critérios através dos ensaios apresentados neste estudo.


Palavras-chave


Concreto; Desmoldantes; Agentes retardadores; Argamassa de revestimento; Aderência

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: