Expansão urbana e variações mesoclimáticas em João Pessoa, PB

Liese Carneiro Sobreira, Solange Maria Leder, Francisco de Assis Gonçalves da Silva, Paulo Roberto de Oliveira Rosa

Resumo


A cidade de João Pessoa, na Paraíba, vem sendo submetida, nos últimos anos, a um forte crescimento urbano. Nesse contexto, este trabalho verificou entre as décadas de 1980 e 2000 variações climáticas significativas que possam ser correlacionadas com o crescimento urbano. Para tanto, utilizaram-se imagens de satélite nos anos de 1977 e 2009 para o cálculo da área edificada, bem como foram utilizadas séries de dados das variáveis climáticas: precipitação pluviométrica e temperatura do ar, colhidas em duas estações instaladas na malha urbana, e uma terceira, tomada como estação de referência, fora da malha urbana. Para a caracterização do crescimento da cidade, utilizaram-se dados quantitativos da população residente constantes dos censos demográficos de 1872 a 2009. Para a verificação do ritmo do comportamento da série temporal de temperatura e precipitação foram gerados gráficos da temperatura média e do acumulado mensal dos meses correspondentes aos trimestres mais quentes e menos quentes do período de 1984 a 2008. Dos resultados obtidos do tratamento e análise dos dados pode-se verificar que a temperatura do ar da cidade aumentou nos últimos 26 anos, havendo-se detectado que as temperaturas do ar sofreram elevações mais expressivas nos meses do trimestre mais quente, fato que pode ser correlacionado com a expansão da malha urbana.


Palavras-chave


Clima urbano, Adensamento urbano, Variação climática.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: